Lucy concedeu uma entrevista ao US Weekly onde conta porque queria algo completamente diferente depois dos 8 anos de PLL. Confira traduzido abaixo:

Lucy Hale se recusa a parar.

Quando as gravações de Pretty Little Liars acabaram em 2016, “Eu não me dei um tempo para pensar sobre estar acabando,” ela lembra. Em vez disso, ela pulou direto para a dramédia da CW, Life Sentence. A atriz admite, “Eu não desacelerei.”

É um lema que ela compartilha com sua personagem Stella, que descobre que ela está milagrosamente curada do câncer terminal. “Ela tira o melhor de cada situação,” diz a atriz de 28 anos. “Ela recebe a melhore notícia, mas também a mais assustadora. Agora ela não tem ideia de quem é.”

US Weekly: Isso é um desvio para você. Qual foi o atrativo?
Lucy Hale: Depois de oito anos, eu sabia que queria algo diferente. Eu precisava pisar fora da caixa. E eu amei a Stella. Nós precisamos de mais protagonistas femininas empoderadas. Ela ganhou essa segunda chance e ela é muito otimista. Onde estamos no mundo, precisamos de mais positividade.

US: Você se acha parecida com ela?
LH: Ela tem um grande coração, mas ela também é uma bagunça. Eu posso definitivamente me relacionar com ela tentando esculpir meu propósito. Eu estou no caminho certo? O que eu amo fazer? Tem também muita disfunção familiar. Nada é mais parecido! Então tem a história de amor, que eu acho que é a base da série. Essas duas pessoas que se conheceram, se casaram rapidamente poque pensaram que tinham pouco tempo juntas e agora eles percebem que não se conhecem realmente.

US: Como é viver a perspectiva de vida dela?
LH: Ela sabia exatamente quem ela era quando estava morrendo. Ela nunca teve que se perguntar as perguntas difíceis porque ela tinha tempo limitado. Ela nunca descobriu o que a deixa brava ou triste. Agora, cara a cara com um futuro novo, ela percebe que o mundo é um lugar assustador. É intimidador. Ela era destemida quando ela estava morrendo e não haviam consequências para suas ações. É um mundo diferente para ela viver agora.

US: O que você aprendeu interpretando a Stella?
LH: Eu sou a pessoa que está sempre pensando 10 passos a frente. Eu nunca vivo só o momento. Mas Stella faz isso. Ela é presente e sabe de tudo. Ela é uma dessas pessoas que você quer ser. Eu amo que ela tem um senso de humor sobre tudo. Nós levamos tudo muito a sério às vezes. Se levarmos na boa só um pouco, será muito mais fácil!

US: Stella risca tudo da sua lista de coisas a fazer. O que está na sua?
LH: Toda minha lista é em volta de viagens. Tem essa reserva de elefantes na Tailândia que eu estou morrendo de vontade de ir. Ficamos tão presos no mundo que vivemos que esquecemos que tem um mundo todo lá fora.

US: Foi difícil de deixar a Aria ir embora e se moldar para uma nova personagem?
LH: Vivendo com essa série e essa personagem por tanto tempo, fizemos literalmente tudo que pudemos. Fizemos tudo e eu acho que, no fim, ficamos confortáveis de dizer adeus. E não de modo negativo! Estávamos em paz com a série acabando. A ficha esta caindo agora, um ano depois, que essa experiência acabou.

US: Você ficou nervosa se entrar em um novo set com novas pessoas?
LH: PLL era o set mais iluminado que você pode imaginar. Estávamos sempre brincando e eu me sentia sortuda. Depois disso, eu fiquei meio, “Oh meu Deus. Como será esse grupo de pessoas?” Eu nunca estive em uma série onde tinha uma dinâmica de família – porque essa é uma família – e é maravilhoso. Nós nos conectamos. Alguns dias eu estou meio, “Estou me divertindo demais. Cade a pegadinha?”

US: A maioria dos seus fãs são adolescentes. Isso a leva a pressão quando você está escolhendo um papel?
LH: Eu sempre escolho os papéis que eu faço porque eles tem um apelo para mim. Eu nunca fiz uma escolha porque acho que iria fazer as outras pessoas felizes. Mas, é importante para mim que estou interpretando uma menina que as pessoas podem se espelhar. Essa série tem uma moral e muitos valores. É a cereja do bolo. E por último, eu escolhi a série porque eu gosto do papel mas também o fato que posso impactar as pessoas é definitivamente importante.

Fonte: US Weekly

Lucy concedeu uma entrevista para a Allure onde fala sobre seu estilo de maquiagem e porque lava seu rosto quatro vezes ao dia. Confira traduzido abaixo:

Com o passar dos anos, o cabelo e maquiagem de Lucy Hale mudaram constantemente. Uma coisa que continua a mesma é seu brilho. Não importa qual a cor do seu cabelo (no momento é marrom com umas pistas de rosa), ou qual o tamanho, ou qual batom ela decide por em seus lábios, sua pele sempre parece radiante. Com sorte, a atriz recentemente contou os segredos. Conversamos no telefone, então eu não consegui ver seu brilho em pessoa, mas definitivamente irradiou pelo telefone.

Hale jurou fidelidade ao Touch & Glow Shimmer Cream Cubes All-Over Face Palette da Mark Cosmetics. Não me surpreendi que ela pegou um produto de 18 dólares da Mark, ela vem sendo a embaixadora deles desde 2013, mas eu foquei no fato que ela escolheu um pó multicolorido. Um minuto depois, ela explicou que essa vibe vibrante fica mais nos lados. Suas palavras exatas foram, “Eu gosto de uma rota mais natural.” Acontece que a escolha se trata de versatilidade: “Você pode usar como sombra para os olhos ou um blush ou até mesmo um iluminador,” ela diz.

Sua última escolha de iluminador
Entretanto, um dos produtos mais novos da Avon vem falando mais alto ao estilo minimalista de Hale: o True Color Iluminating Stick, que lançou no dia 2 de março. “Não é tão intenso,” ela explica. “É muito fácil de usar e se mistura fácil também.” Geralmente, Hale diz que é mais fã dos iluminadores em creme porque eles são “mais fáceis de se misturar com meus dedos.” Sim, como o Sable Yong, um dos editores de beleza da Allure, Hale gosta de meter as mãos na maquiagem. “Às vezes eu faço a minha base com as minhas mãos,” ela diz. “Meu look diário é muito simples, então você não precisa de tantas ferramentas.”

Para colocar, Hale não fica muito Kardashian com o iluminador. (“Eu nunca usei iluminador no meu corpo – pelo menos não ainda,” Hale diz quando mencionei a técnica de Kim com o iluminador.) Os pontos chave de Hale são os cantos internos dos olhos, abaixo de suas sobrancelhas, acima dos lábios e é claro, em cima de suas bochechas. O diferente é que ela poe iluminador no meio do seu lábio superior, que dá a ilusão do lábio estar mais redondo.

Em sua rotina extensiva de cuidados com a pele
A pele excelente de Hale é motivo de agradecer por sua aparência luminosa. “É importante cuidar da pele para começar e então você não precisa fazer muito para realçar o que já está ali,” ela diz. E Hale ama muito cuidados com a pele. “Eu nunca pulo isso. Eu fico ansiosa para a noite só para fazer isso.” Às vezes, ela começa no segundo que entra no carro para casa, começando por remover a maquiagem com um lenço “Eu tiro tudo assim que possível. Eu gosto de deixar minha pele respirar.”

Assim que chega em casa, Hale vai lavar o rosto umas quatro vezes, começando com uma loção para limpar ou um óleo. Então, ela usa um leite removedor. Depois, um exfoliador “se é o dia da semana de fazer isso,” ela diz. “Então, eu tipicamente lavo mais uma vez com o leite removedor.” Depois do banho, ela pega uma almofada de algodão micelar embebida de água e passa no rosto “porque sempre tem maquiagem escondida em lugares que você nem pensa,” Hale adiciona. E ela está certa: água micelar é como um imã para poeira e sujeira.

Sobre seu cabelo dos sonhos.
É claro, tive que perguntar para Hale sobre seu cabelo. Mais especificamente, se tem algo que ela nunca tentaria? Eu esperei ela listar alguma cor neon ou o estilo mullet. (Por favor, Lucy, não faça o estilo mullet.) Em vez disso, ela disse “E não sou apegada ao meu cabelo, é por isso que estou sempre mudando. Eu rasparia o cabelo, eu pintaria, eu deixaria crescer.” Sim, Lucy Hale disse que rasparia todo o seu cabelo. Se o papel certo aparecesse, ela faria.

Ela mencionou uma coisa: ela não é fã de franja. “Honestamente, eu não acho que faria franja,” ela diz. “Puramente porque eu acho que elas poderiam me irritar. Eu estou sempre tentando tirar meu cabelo do meu rosto, então eu sei que se fizesse franja, eu ia me irritar.” Ela acha que elas são fofas. Em um universo alternativo onde elas não a irritariam, ela faria o que se chama cabelo de menina francesa: um cabelo bob com franja curta, que está bombando no Pinterest. Estou mais preocupado sobre a situação de raspar o cabelo. Agências de elenco, se você está lendo isso, por favor dê a Lucy Hale um papel que envolva raspar sua cabeça. Eu preciso que isso aconteça porque fazer sua maquiagem para complementar isso seria maravilhoso.

Fonte: Allure

No último dia 27 de fevereiro, Lucy se encontrou com editor Bobby Schuessler do Who What Wear para contar alguns detalhes de Life Sentence. Confira a entrevista traduzida abaixo:

Semana passada tivemos o prazer de dar as boas vindas a atriz Lucy Hale no escritório da Who What Wear para um exclusivo Q&A. Sempre fãs do seu estilo, ficamos particularmente animados sobre essa oportunidade de saber tudo sobre moda com ela, e ainda ter os detalhes sobre sua nova série na CW, Life Sentence, que estreia nessa quarta, 7 de março. Antes de nosso diretor editorial entrevistá-la, os convidados aproveitaram alguns drinks e petiscos e é claro, várias fotos. Aqui está tudo que Hale compartilhou conosco sobre sua vida, seu estilo e esse excitante papel novo.

Nos conte sobre a série e o que seus fãs podem esperar dela.
Life Sentence conta a história de uma menina chamada Stella que tem 23 anos. Pelos último oito anos de sua vida, ela estava vivendo com câncer terminal. Ela é o tipo de garota que vê o copo meio cheio: ela é super otimista e vive todos os dias como se fosse o último. Ela fez algumas decisões espontâneas como se casar, e então no pilot descobrimos que esse tratamento raro que ela estava recebendo funcionou. Ela não está apenas em remissão — ela está curada do câncer. Agora a história vira: não é uma série sobre uma garota doente; é uma garota que tem que descobrir sua vida e quem ela é.

O que te levou a esse projeto especificamente?
Foi provavelmente três meses depois que terminamos a última temporada de Pretty Little Liars e eu estava meio “Sabe, eu não sei o que vou fazer da minha vida depois disso.” Então eu ouvi sobre essa série. Eu pensei que era muito interessante pegar essa história de menina doente que todos sabemos que acaba virando o jogo e fazendo disso uma comédia. Eles estavam pegando um assunto pesado e rindo disso. Eu sempre soube que meu próximo passo depois de PLL era que eu queria fazer algo drasticamente diferente — eu estava fazendo a mesma personagem por oito anos, e eu estava procurando algo diferente criativamente.

Como você canaliza sua auto-confiança?
Eu acho que sua identidade vem com a idade. Eu tenho 28 anos agora, e eu sei o que me faz feliz e o que não faz. Quando eu sei que estou fazendo as melhores e mais saudáveis escolhas para mim mesma, é quando eu me sinto mais confiante.

Sua personagem, Stella, tem um estilo muito legal e confiável na série. Você tem uma mão criativa em escolher as roupas?
Eu tipicamente faço isso. Ela é uma alma velha, então eu queria que seu guarda-roupa tivesse um senso vintage, ela usa muitos colarinhos do Peter Pan e saias de cintura alta e meias acima dos joelhos.

Tem alguma moda ou marcas que você está em volta ultimamente?
Eu nunca sei qual é a última moda, mas eu amo Anine Bing. Eu normalmente vou para algo mais casual, como Rachel Comey. Sou muito ligada em roupas vintage e de brechós. Minha loja favorita em LA é a American Rag. Tem uma joalheria muito legal chamada Kat Kim e uma marca de sapatos chamada By Far. Os jeans e camisetas da Re/Done são ótimos também.

Você tem um estilo pronto para sair?
Jeans, uma jaqueta de couro e uma camiseta. Honestamente, eu vivo em roupas de academia da Lulemon.

Fonte: Who What Wear

Confira abaixo algumas fotos e vídeos da Lucy no evento:

lucy-hale-life-sentence-250985-1519935305672-image_1200x0c.jpg lucy-hale-life-sentence-250985-1519935309830-image_1200x0c.jpg lucy-hale-life-sentence-250985-1519935305672-image_1200x0c.jpg lucy-hale-life-sentence-250985-1519935309830-image_1200x0c.jpg

Lucy concedeu uma entrevista para a PEOPLE ontem durante o evento da Minnie em Los Angeles. Ela disse que não queria que tudo fosse “brilhos e arco íris” depois de mencionar que foi abusada sexualmente. Confira traduzido abaixo:

 

Lucy Hale está aplaudindo as mulheres corajosas que contaram suas histórias para o #MeToo e usando sua própria voz para fazer a diferença.

Na última quinta, a atriz de 28 anos, mencionou um incidente de abuso sexual em posts, agora deletados, em seu Twitter e Instagram, dizendo “Eu nunca entendi abuso sexual até essa noite. Eu sempre me simpatizei, mas eu nunca senti a dor até agora. Minha dignidade e orgulho estão quebrados. Não tenho palavras.”

Conversando com a PEOPLE na segunda em um evento em West Hollywood, a atriz disse que essa onda de mulheres vindo à tona com suas histórias é maravilhoso.

“Me sinto grata de ter pessoas que eu me inspiro estarem falando sobre isso,” disse Hale. “Não apenas mulheres – acho que homens já sofreram com isso da mesma maneira que as mulheres. E enquanto a conversa estiver andando ou ter começado, o que já aconteceu, é a melhor coisa que você poderia pedir porque faz com que as pessoas não se sintam sozinhas. Eu acho que pessoas poderosas podem fazer a diferença contando suas histórias, o que estão fazendo, e isso vai escorrer, eu espero.”

Em seu post deletado nas redes sociais, Hale disse aos seus seguidores que ela “não ia deixar um momento desses passar e não tentar fazer a diferença.” – e ela tem planos de cumprir a promessa.

“O negócio é que eu não quero ser alguém que faz tudo virar brilhos e arco íris todo o tempo, porque não é,” diz Hale. “Ninguém se sente assim o tempo todo.”

Enquanto isso, ela espera dar aos fãs a confiança de falarem por si mesmos, Hale diz que ela é muito grata pelo apoio deles.

“Eles são as pessoas mais maravilhosas independente de qualquer coisa,” ela diz. “Tem vezes que eu sinto que ninguém no mundo entende algo, e eu posso ler algo de uma das pessoas que me apoiam e eu fico ‘P*** Mer**, não estou sozinha em nada disso.’ Eles ficaram do meu lado nas coisas boas e nas ruins. Sou tão grata.”

Fonte: PEOPLE

Na tarde de ontem (22), Lucy esteve presente no evento de comemoração da estrela da fama da ratinha Minnie, em Los Angeles. Ela deu uma entrevista a US Weekly, onde falou sobre o movimento #MeToo e a agressão sexual que sofreu recentemente (o post foi excluído de suas redes sociais minutos depois de serem publicados):

Lucy Hale está se abrindo sobre o movimento #MeToo depois de implicar via Twitter que ela foi sexualmente abusada.

“Para manter isso vago… Acho que como muitas pessoas, todos tivemos nossas experiências com isso, e até que aconteça com você, você não entende completamente como pode afetar você e todos a sua volta e eu me sinto honrada de estar rodeada de mulheres poderosas que estão falando sobre isso e eu acho que é onde começa a mudança: quando as pessoas começam a falar porque você nunca sabe quem está ouvindo ou a vida de quem você vai impactar,” a estrela de Life Sentence, de 28 anos, contou exclusivamente ao US Weekly em West Hollywood na segunda, 22 de janeiro. “Você sabe, você vê a mudança acontecendo e é uma época muito animadora mesmo que isso se iniciou de uma etapa obscura para as pessoas, acho que o retorno vai ser extraordinário.”

Quando perguntada se foi difícil contar sua história, Hale responde, “Não, porque acho que toda vez que eu falo sobre algo vem de um lugar real da verdade e vem direto do coração.”

Fonte: US Weekly

Hoje o elenco de Life Sentence participou do TCA Press Tour, um evento onde o elenco e produtores das séries dão detalhes sobre as mesmas como a data de estreia, eles também comentam sobre a temporada e conversam com a imprensa.

Vínhamos nos perguntando quando seria a data de estreia desde que a CW anunciou as datas de várias series para janeiro (e Life Sentence estava prevista para janeiro) e a mesma não havia sido divulgada. Hoje, durante o TCA Press Tour, finalmente foi anunciada a tão esperada data: 7 de março de 2018. Life Sentence irá passar toda quarta feira logo após Riverdale.

Confira abaixo alguns comentários do elenco e produtores executivos que foi dito sobre a série durante o TCA: